Lawtechs que facilitam a adoção de inovações jurídicas

Lawtechs que facilitam a adoção de inovações jurídicas

A Future Law e CONJUR estão ajudando os profissionais do direito frente às mudanças tecnológicas da área

Em 2016, existiam 79,7 milhões de processos parados na justiça, segundo pesquisa do Conselho Nacional de Justiça. A tecnologia é o ativo que pode mudar esse cenário – e já está mudando desde que as startups do setor jurídico começaram a atuar no setor.

No entanto, mesmo que traga melhores resultados a curto e longo prazo, realizar a transição e começar a utilizar tecnologia em processos tradicionais de escritórios pode ser difícil. A mudança de cultura em departamentos jurídicos e consultorias é algo que ainda está acontecendo lentamente, e duas startups de lawtech foram criadas para melhorar esse processo, trazendo maior agilidade ao setor jurídico. São essas:

Future Law

A Future Law foi criada com o objetivo de conectar profissionais do direito à realidade exponencial, posicionando o ser humano como centro das técnicas de design em soluções jurídicas, mas utilizando a tecnologia para potencializar os resultados. A startup atua principalmente capacitando os players do setor jurídico através de cursos, mentorias e workshops. “A tecnologia não tem valor sem a experiência e o conhecimento técnico dos profissionais do direito, e a tendência é a formação de equipes com conhecimento especializado no uso dessas ferramentas e a utilização crescente de metodologias de design jurídico”, afirma Christiano Xavier, CEO da Future Law.

A startup foi criada em 2017 por Christiano Xavier, head of Legal na Localiza, Bruno Feigelson, fundador da Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs e Alexandre Zavaglia Coelho, advogado especializado em análise de dados. Entre os cursos de curta duração previstos para esse semestre, estão o de Ciência de Dados aplicada ao direito e de Métodos Online de Resolução de Disputas (para advogados aprenderem o funcionamento das plataformas de acordo e mediação). “Temos que preparar os profissionais para essa nova realidade, para otimizar o uso de seu tempo de trabalho para tarefas de alto valor agregado e que permitam mais eficácia e assertividade”, explica Alexandre Zavaglia Coelho, head de Educação.

Além de capacitar profissionais quanto as tecnologias utilizadas no direito, a startup qualifica pessoas para participarem do desenvolvimento de tecnologia e projetos de pesquisa na área de Legal Design, que ainda está em desenvolvimento. Os cursos são desenvolvidos em conjunto com empreendedores, influenciadores e empresas de tecnologia.

CORE JURÍDICO

Criada por consultores em tecnologia jurídica há mais de 12 anos no mercado, o COREJUR surgiu após a percepção das oportunidades de melhoria no setor. Hoje, a startup é uma plataforma que alia a inteligência computacional a consultoria especializada e garante alta performance, redução de custos e aumento de lucratividade para o setor jurídico. Por isso, oferece sua solução em quatro módulos: flow, push, redator e integra.

No FLOW, a startup atua na automação de processos; PUSH, na gestão de publicações; no REDATOR, realiza a automação documental e INTEGRA, integração com clientes e tribunais. Por ser personalizável de acordo com as necessidades de cada cliente, a startup garante uma transição mais suave para o mercado jurídico tecnológico. “Desde a concepção inicial, o objetivo foi sempre de promover um ambiente inteligente, enxuto e altamente produtivo para nossos clientes”, comentou Renato Naves, Consultor de Negócios do COREJUR.

No momento, a startup deseja ampliar sua atuação no mercado brasileiro e em seguida partir para a internacionalização, iniciando no mercado da América do Sul. “A cada nova implementação de soluções inovadoras com inteligência computacional avançada, a startup COREJUR ganhava mais força. Foi um trabalho empírico e contínuo, de desenvolvimento prático e vivenciado. Agora estamos em uma curva constante de crescimento e temos trabalhado para ampliar nosso alcance no mercado nacional”, afirma Naves.

Future Law e COREJUR estarão na Startup Village da LawTech Conference, apresentando suas soluções no maior evento de tecnologia para o setor jurídico. O evento acontecerá em 15 de maio – garanta sua vaga e fique por dentro de todas as inovações!

Fonte: StartSe